sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Pequenos Passeios / Petites Promenades

Olá meu povo querido!

Estou de volta, mas saibam que eu estou a todo vapor ou não, no meu canal. Lá tenho mostrado um pouco do que conheci ao longo destes quase 8 meses de estádia na Europa. E sim, eu prefiro dizer que estou na Europa a dizer que estou em um só país, pois aqui tudo é tão perto que você pode cruzar a fronteira de uns 3 países em questão de minutos!

                             


Agora queria usar este post, para falar um pouco sobre como é estar vivenciando algo tão diferente para mim, se você já me conhece a mais tempo, sabe que eu vim lá do interiorrrrrr do Goiás, não por ser do interiorrrr, mas sim por morar mesmo na zona rural, mais precisamente numa chácara.

na chácara, estive morando entre 2012 a 2017, onde passei também por inúmeras mudanças em minha vida, trocando a frenética vida de estudante de curso superior, pela vida de chacareira e desempregada. Mas muuuuita coisa aconteceu durante este período. Enfim, agora vamos falar daqui, das zoropa.



A principio quando cheguei, foi realmente um choque cultural, desci em Paris, e antes que alguém me pergunte do motivo de eu não ter tirando foto na famosa torre Eiffel, eu responde que SIMPLESMENTE EU NÃO FUI LÁ NA TORRE. Pois é, snif snif. Voltando a Paris; quando comecei a minha jornada de como chegar as minhas bagagens, devo dizer que foi incrível ouvir milhares de pessoas falando uma língua que só ouvi quando assisti ao filme Amelie Poulain. Eu ainda estava maravilhada por ouvir o piloto do avião falar em três línguas mas o sotaque de quem fala o francês como língua nativa é realmente diferente.

Também me surpreendi com as roupas, as pessoas usavam muitas roupas, e não que eu use poucas roupas, mas eu estou acostumada a usar roupa de baixa qualidade, preços duvidosos e blusa de frio, não casacos e cachecol! Foi mesmo incrível ver aquilo no primeiro dia de estadia num outro continente.

Agora, eu sou fui sentir o calor ou melhor, o frio humano, foi quando sair do aeroporto, pois o frio estava de 12 graus, e claro, para uma parcela dos brasileiros isso pode ser normal, mas para uma goiana do pé rachado foi um frio de quebrar queixo. Lembro me que minha mãe me levou a uma loja de conveniência, dessas de beira de estrada perto de postos de gasolina, lá, eu tive contato com o banheiro estilo europeu, ou seja, você paga para usar, e pode jogar o papel higiênico dentro da privada! 😞






Ok, isto tudo acima, é para dizer sobre meu primeiro dia, eu deveria ter escrito este texto assim que cheguei mas bom, desculpa ae.

Agora, fiz muitos passeios, tirei muitas fotos, visitei inúmeros lugares, alguns países, e conheci pessoas de muitas nacionalidades, mas só fui filmar tudo isso, tempos depois, ou seja, meses depois. Então criei os ‘’ Petit Passeio “, uma parte do meu canal, destinado apenas as pequenas andadas por ai. Eu não me perdoou por não ter filmado minha ida à Catalunha, mas bom, deixa para uma próxima viagem se Deus me permitir.

Eu quis criar vlogs sendo o mais natural possível, pois, a internet está saturada de coisas iguais, existe inúmeros vlogs e todos eles tão parecidos, e eu não quero competir e muito menos me parecer com a maioria, então gravei do jeitinho que eu ando no dia a dia aqui.


Um fato curioso, os europeus, ou melhor, o pessoal de outras nacionalidades, não se importam como você está vestida, na verdade, você pode estar a arvore de natal, e isso não vai fazer diferença alguma para eles. Diferentemente do que acontece no Brasil, onde para ir comprar pão, as pessoas se enfeitam como se fosse receber o Oscar. Mas para encurtar o texto, vou postar todos os vídeos dos passeios. Espero que gostem e fico realmente muito feliz por ver mais nacionalidades visitando meu blog, que apesar de largado, jamais será esquecido.




Muito obrigada pela visita de vocês. E até mais :)


quarta-feira, 26 de abril de 2017

Bonjour Pessoal!

Olá pessoal, ou seria salut ?!

Fica essa dúvida de inicio hahaha depois de dez milhões de anos sem postar absolutamente NADA neste blog, estou de volta, e claro, não poderia abandonar o blog que me fez conhecer um bocado de gente da internet (boas e más) enfim, vamos as novidades...

Para quem já assistia meus vídeos no Youtobá, eu gravava mostrando a evolução do meu plano Z para a aviação, e preciso deixar bem exposto aos meus leitores que infelizmente não foi desta vez (levando em conta que eu tentei entrar na aviação desde 2014, faz as contas ai) tempo perdido? 

Talvez, mas bola para frente. O curso não foi de tudo perdido, conheci pessoas legais e outras nem tão legais assim, aprendi muito e percebi o quanto a gente tem potencial quando o negócio é fazer no “tudo ou nada”, levando em conta que quando reprovei em uma matéria na temida prova da ANAC, foram 30 dias de muita luta e bunda na cadeira para aprender sobre Regulamentos da Aviação e de fato aprendi, na marra mas aprendi.

Depois destes longos tempos investindo numa carreira que ainda é minha paixão mas não obtendo o retorno desejado, decidi me aventurar em outro ramo, Eventos. Mais um curso para deixar emoldurar na parede. Conheci pessoas legais, escrevi sobre o curso no outro blog, mas não me identifiquei de fato com isso. Talvez quem sabe, as coisas mudam e possa estar planejando seu casamento? Quem sabe?

Agora, a novidade de todas as novidades foi o fato de ter mudado completamente de direção, sai do meu “norte” ou seja, dos meus planos de vida e comecei a me aventurar em algo que JAMAIS PASSARIA NA MINHA CABEÇA FAZER, ou seja, ir para a Europa!

Meu sonho de consumo é conhecer o Japão por conta dos animes japoneses, tecnologia, CGs, RPGs, etc. Só que deixei de ser teimosa, deixei de ficar dando murro em ponta de faca pelo menos nesta situação. O fato era que nem os concursos que me inscrevia, nem os currículos que eu mandava, nem absolutamente nada que eu fazia estava dando certo, foram quase 4 anos desempregada apenas acreditando em um sonho. O jeito mais sensato foi aproveitar a oportunidade que tinha em mãos e abraça-la.

Confesso que eu nunca me interessei por estudar francês, e só imaginava estar na Europa depois de RYCA, mas tive que abandonar muitas ideias que não faziam sentido nenhum e muitas outras que não davam resultado nenhum para mim.

Resumo disto tudo: fica o testemunho sobre O QUE VOCÊ ANDA TENTANDO MAS NÃO ESTÁ DANDO CERTO HÁ TEMPOS?

As vezes, a gente fica tão obcecado com um objetivo que esquecemos de tantas outras infinitas oportunidades que a vida nos oferece. E mais, as vezes a gente tem tanto medo de tentar algo novo, algo que achávamos que não é interessante mas que quando deixamos a resistência de lado, sentimos que foi a melhor coisa que nos aconteceu.

De fato, eu estou amando a Europa, quero poder falar mais a respeito do que já conheci, e penso posteriormente fazer um vídeo no meu Canal no Youtube largando as traças, mas primeiro quero voltar a me comunicar com o pessoal que gosta de ler blogs.


Até mais, ou seria “Au revoir” ?!