quarta-feira, 4 de abril de 2012

Carta(s)


Chega de - Oi como você está? Ou - Oi como está você ? É o seguinte, este post de hoje é para deixar registrado a segunda carta que fiz manualmente ( o seja, para o mundo cibernético ) e que passará por intermédio do blog a ser vista por todos.

Havia feito dias atrás uma carta escrita ao meu amigo Edenilson, eu sei que estou devendo uma de verdade-verdadeira a ele, porque a que mandei, não sei que raios sucedeu foi para o Universo sem volta, deve ter ido por meio da Nave do filme Perdidos no Espaço, só pode?!
Então achei legal essa ideia de fazer cartas, escrever mesmo, sair desta de só deixar os dedos deslizarem sobre as teclas de um teclado de PC. 
Como eu sou uma aluna universitária super aplicada, faço todas as atividades e presto muita atenção as aulas, fico escrevendo, desenhando, ou rabiscando mesmo de caneta. Porque me lembro que tempos atrás uma colega minha de classe havia visto eu escrevendo de lápis e me perguntou do porquê disto, do porquê que não usava a caneta, e eis aqui o motivo real: - o garrancho.
Outro fato interessante de que me lembro foi que quando fui trabalhar ( estagiar ) numa consultoria, uma de minhas colegas de serviço viu minha letra e disse: - Nooooossa que letra horrível! ( de fato é mesmo ¬¬ ) 
- Que falta de personalidade!

Perai?! Como assim? Ela agora sabe definir se alguém tem ou não personalidade pela letra? 
Ok, eu sei que existem letras lindas, letras grande sou pequenas, mas alguém ser sem personalidade por causa de um garrancho é demais neah? Eu acho! Então phoda-se!

Achei essa ideia legal, se você tiver uma scanner poderá digitalizar e mandar uma carTCHEnha pra mim
 *---* que tal? Pedi demais neah? Nem posso pedir, já ganhei tanta coisa de pessoas da net, além de mensagens, além de livros, além de atenção, ganhei o respeito ( de alguns ) a dedicação ( de outros ) e bom, a paciência de você que está lendo até agora esse texto.

Quando escrevo assim sem uma lógica - como se eu tivesse alguma aqui - fico olhando como se fosse outra pessoa, e penso: putz, pareci uma aborrecentizinha mal amada escrevendo, kkk' mas phoda-se, não fiz plaquinha, não posei no espelho, e nem fiz biquinho pra foto então eu posto meu garrancho como e quando quiser!
Agora engula essa. Já que conseguiu ler até aqui, talvez se for mestre em decifrar hieroglifos egípcios, vai ser fácil entender minha carTCHEnha. 

Clique na carta para poder lê-la. 


Primeira parte :)



Segunda parte =/


Terceira parte =X





Desde já desagradeço, obrigada pela impaciência.

4 comentários:

  1. A Nanda danada, sempre criando! Isso é bom, é o principal atributo que me gusta muito Nessa moça.

    Quando ela disse: "Como o Edenilson disse: Já tive minha época(dela)" Me deu um ataque cardia kkk'k Eu apenas havia dito, "Nanda já foi bem mais popular" O que dá quase na mesma enh.

    A ideia da carta realmente é muito boa, espero que mais pessoas embarque nisso. (Y)

    ResponderExcluir
  2. Gostei, ri muito aqui. E sua letra não é tão rui assim, apenas tive dificuldade de ler no final da carta. :) Parabéns, gostei. E Ed você é uma MALA kkkkk

    ResponderExcluir
  3. Hauhhau' Obrigada Jéssica, que bom que conseguiu ler meus códigos hehe'

    ResponderExcluir