domingo, 11 de setembro de 2011

... Você Quer Alguma Coisa? ( De mim ?! )

Olá leitores, primeiro quero dizer que estou feliz em saber que o blog está melhorando, que não está focado em uma coisa só, que promove outras formas de leituras, e que promove parcerias, sozinha talvez não conseguiria absolutamente nada, mas quando nos ajudamos a corrente vai ficando mais forte, obrigada a todos que acompanha, divulga e que participa. 

Hoje o tema vai ser focado aos sentimentos que muitas das vezes incomoda o outro e que incomoda mais ainda quem sente, quando geralmente tentamos camuflar algo, por receio de alguém deixar de falar conosco, ou por medo de ser um repelente de pessoas, digamos assim, o que isto importa? Importa ser algo que não é? Dá para melhorar como pessoa mas evitar o que sente é quase impossível, li uma frase mais ou menos assim está semana '' Para quê ser você mesmo se você pode melhorar '' ... para falar a verdade eu formulei este texto seguindo o padrão de lógica desta frase, por partes achei bem interessante, o que nos leva a pensar em melhorarmos como pessoa, mas por outro lado, nos remeti algo que dita sermos superficiais ao que sentimos, e ignorando aquilo que realmente faz parte dos nossos momentos, ou seja, os sentimentos. 

Sentimentos não estão baseados só no amor, no gostar, na compaixão, na esperança... mas também na raiva, na irá, na tristeza entre outras mais que podem estar relativamente no meio termo entre sentimentos bons e ruins e que de toda forma faz parte de nós.

É comum muitas vezes querermos, pedir e no final de uma conversa amistosa dizer, - ah eu não quero nada demais!
Bom relativamente falando ‘’nada’’ é algo que não existe e ‘’demais’’ é muita coisa junta, se você quer NADA em doses altas, continue dizendo que não quer nada demais. Queira de menos, e receba de menos, sonhe pequeno, ou tenha desejos pré moldados por amigos, família e até pela propaganda de TV .

Querer não é pecado, pecado é não querer nada desta vida, viver sem significados ou passar seus dias de acordo com o que é ditado é muito desgastante, ser rotulado, robotizado, ser quem quer que outros sejam ou até ser você mesmo cansa, ter metas e não realizá-las é frustrante, ser vitima de si, ou ser vitima de outros também é. O fato é que quem está de fora dos seus problemas irá sempre dizer suas razões pra derrubá-lo, irão dizer que não está lutando ou que faz pouco.

Todos estão sujeitos a serem alvos de criticas, e pior disto é que você estará sendo julgado 24 horas por suas atitudes e escolhas,  suas decisões são computadas por olhos alheios, e se suas escolhas não foram ao encontro das escolhas dos outros ai sim vai ter dores de cabeça, mas o bom disto tudo é que você também pode ser o conflitante, pois também está sujeito a pré moldar a opinião, os desejos e as decisões de outras pessoas, em outras palavras é que todos estão sujeitos a serem vitimas tanto quanto são vilões.

As pessoas ao seu redor estão sempre prontas a ajuda-lo, seja com palavras, atitudes ou mesmo com um balde de água fria, talvez seja a forma mais realista no ponto de vista delas em querer acabar com os seus pontos de vista em relação a algum assunto, mas ... cada um sabe a dor e a felicidade que a vida proporciona não é mesmo?

Eu vejo, eu leio, e eu sinto o quanto estamos carentes de manuais de vida, de sobrevivência, de como se comportar, em como tratar os outros, mas não vejo alguém sendo o que é de verdade sem sua própria essência, as mascaras que criamos no dia a dia impede que o outro te reconheça de verdade, porque mais na frente talvez vá ouvir um ‘’ – você não é aquilo que pensei que fosse ‘’ .

O ruim de tudo isto é a quantidade de gente se reprimindo, reprimindo o que sente por medo de ser inadequado ou por medo de que outros se afastem delas por conta disto, expressar suas raivas, desilusões e angustias não afeta o outro, ninguém lança venenos por dizer como se sente, o que acontece é que muitas pessoas hoje estão vivendo a vida do outro, se abatendo pelo o que o outro faz ou pelo que o outro diz, se você está triste, não há motivos para reprimir sua tristeza por achar que alguém irá cortar relações contigo, pois todo mundo sabe que quem faz parte da sua vida não o abandona por causa de defeitos, por atitudes ou porque dizemos como estamos, pelo contrário, dá força, revigora o estima do outro, e o levanta, ao invés de lhe jogar pedras.  


Estamos sujeitos aos erros, aos fracassos, e estamos sujeitos as perdas também, mas o que for embora da sua vida sem explicação alguma é porque não é útil o suficiente para voltar a fazer parte dela, arranque agora mesmo a necessidade de aprovação alheia, e se estiver mesmo com vontade de verbalizar o que sente, não tenha medo de desaprovações, seja você crente em algum ser espiritual ou não, aceite que o único que tem por direito julgar é você mesmo, julgue suas atitudes, e esqueça o julgamento de terceiros.

Dias atrás li algumas matérias, e relatos de pessoas extremamente equivocadas a respeito das minhas atitudes, agora o que é mais interessante perceber ouvindo do outro, é que notei que na verdade eles moldam uma pessoa que não existe, de fato eu não apronto nos finais de semana, eu não saio com a ‘’ turma ‘’, eu não bebo por diversão, eu não tenho um álbum de fotos com farras, e não tenho absolutamente nada parecido em  outra pessoa que eles queiram que eu seja. E isto, apesar de doer no primeiro instante perceber, me fez lembrar que independente do que outros achem ou deixem de achar dos meus comportamentos, não afetam eles em nada, a questão é que eles mesmos tomam para si as minhas dores, e quem absorveu isto foram eles, não estava escrito em momento algum um ‘’ DOU GRÁTIS MEUS PROBLEMAS PARA QUEM QUISER ‘’ acate as dores alheias quem quer.

Isto vale para qualquer pessoa! Não dá para ser esponja humana, ninguém dá conta de resolver problemas que não lhe são responsabilidades. Saber ouvir, aconselhar e apoiar é uma coisa totalmente diferente de querer que o outro faça a sua vontade.

Moldar seu melhor amigo, sua esposa, seu companheiro ou qualquer outro pelas queixas dele (a) não mudará em nada, o fato é que eu dou total apoio para que as pessoas libertem o que de ruim tem dentro delas, pois raivas, magoas e outras coisas ruins quando não são expelidas, crescem como um câncer dentro do ser. Alimenta uma idéia psicótica de querer que mude está situação a força, torna tudo amargo ou sem graça, e impede que quem sofre seja verdadeiro quando alguém lhe pergunta se está tudo bem e ele responde só por educação ou por medo de ser antipático um ‘’ está sim tudo bem, não quero nada demais alem do que já tenho ‘’ ... Uma resposta que esconde muitas angustias.

As pessoas escondem muitas vezes seus sentimentos, e outras só querem ouvir o que lhe são de interesse ouvir, e se você está sentindo que algo está errado, não engula sapos, deixe que flua seus sentimentos, verbalize – os de tal forma que não agrida ninguém mas que não lhe impeça de ser o que é e de dizer o que sente.

E o mais importante, não deixe que outra pessoa o corte só porque ela não quer te ouvir no pior momento da sua vida, se ela não quer, descarte-a, e deixe o que for útil para você, coisas inúteis acumuladas em nossas vidas só servem para acumulo de mais inutilidade só servem para rebaixá-lo ou não servem nem como ouvintes.


‘’Quem teme ser vencido tem a certeza da derrota. ’’

Hasta La vista. 

4 comentários:

  1. É tão bom acorda pela manhã, entrar aqui e ler estas palavras, que para mim soão como ensinamentos, e para mim tb funciona como um momento de reflexão, de aprender um algo mais...

    Eu li a seguinte frase recentemente: "existem duas formas de agir, ou vc se adapta ao meio ou vc pode influenciar o meio"

    E a verdade é que as pessoas são influenciadas a todo instante e tb influenciam, mas o que não podemos esquecer, e é isso que o texto me transmite, é que não devemos esquecer de nossa essência e sermos o que somos, as vezes é uma tarefa muito difícil mas que deveria ser fácil. Muitos preferem as máscaras, e quem dizer que nunca usou uma, estará é usando mais uma isso é verdade.

    Falar de sentimentos para mim é complicado, pois ele bole muito com minha razão e me sinto confuso(so eu e o resto do mundo), mas como tudo na vida, estamos sempre diante de duas opções, razão e emoção qual apostar? Se levarmos em conta as variáveis é a razão que ta falando, agora se levarmos em conta apenas o sentimento, é ela a a emoção que importa, já quem busca o equilíbrio entre as duas fica confuso.
    Espero em breve ter a resposta certa diante da pessoa certa (ok relatos de desabafo aqui, rs)

    O Blog esta a cada dia melhor, tão bom ter uma escritora inspirada, e que de uma forma ou de outra, me vejo e identifico no seu modo de pensar e até no modo de vida, e tb aprendo nas nossas diferenças.
    :)

    ResponderExcluir
  2. a - camuflar este ou aquele sentimento nem sempre é algo bom, e para expressar esse sentimento reprimido, precisamos ter tato, por vezes;

    b - é para ser você mesmo que se tem a oportunidade de melhorar;

    c - querer algo bom desta vida é o que nos move (ou deveria nos mover), seja ir a padaria da esquina para buscar pão e três marlboro ou escalar um paredão de 150m de altura;

    d - viver de acordo com o que outros querem é o caminho para ver a vida passar diante de seus olhos, nada fazer e se tornar um frustrado de modo perene (aqui penso no final da minha infância quando o "quente" era trabalhar no pólo petroquímico);

    e - mas será que não criamos essas máscaras, ou melhor, essas "personas", justamente para não sermos excessivamente machucados, ou nos sentirmos fragilizados pelo mundo do qual fazemos parte?

    f - "manual de vida, de sobreviência", não existe nenhum "pronto", só vivendo criamos os nossos, e me pergunto e te pergunto se isso não é uma ilusão que criamos para nos sentirmos mais seguros ou confortáveis em relação a nosso cotidiano;

    g - ninguém tem o dever de tentar os resolver os problemas que não são suas responsabilidades; sei bem como isso porque até fins de 2007 eu era um "São Francisco de Assis" que fazia pelos outros mas pouco ou mesmo nada fazia por mim;

    h - é bom que as pessoas libertem o que há de ruim nelas, precisamos ser sinceros conosco mesmos até em nossas mazelas;

    i - se quem eu conheço quer se "abrir", "desabafar" comigo, sou um ouvinte; acho às vezes que por isso mesmo deveria ser um padre anglicano;

    j - o que eu quero de você Fernanda é que você coma o que eu cozinho.

    ResponderExcluir
  3. Nossa nandinha.,


    arrebentou ein?!
    haha


    "Querer não é pecado, pecado é não querer nada desta vida, viver sem significados ou passar seus dias de acordo com o que é ditado é muito desgastante, ser rotulado, robotizado, ser quem quer que outros sejam ou até ser você mesmo cansa, ter metas e não realizá-las é frustrante, ser vitima de si, ou ser vitima de outros também é."


    essa parte me deixou refletindo . Voce é especial e tem um talento incrivel. Chamar a atenção com simples palavras nao é pra qualquer um.. vc está de parabens..

    te adoro pequena.*__*

    beijoooooos

    ResponderExcluir