quinta-feira, 15 de setembro de 2011

A Destruição do Meu Mundo.

Olá leitores, este texto não é de caráter filosófico, não é para aprendizado, e não deixe que suas crianças leiam isto, se você estiver mesmo afim de ler algo que não o fará mais inteligente, continue acompanhando as letras abaixo e as decodifique.


Introdução

Hoje entao decidi escrever o texto que fiquei devendo  ao meu  amigo Ed, neste texto quero antes deixar claro que não se referi a nenhum tipo de reflexão sobre a ética, não se referi a nada que relata como se portar, não está indicando soluções nem tampouco serve como influencia para nenhuma pessoa que lê-lo.
Dias atrás havia dito em algum site que o mundo precisava de ser destruído, antes disto, ainda havia dito a alguns conhecidos que os seres humanos precisavam ser exterminados, e dois anos atrás eu havia postado a seguinte frase em um site denominado Badoo : QUERO EXPLODIR O MUNDO COM ALGUÉM ! A questão é que isto tudo são pensamentos que foram construídos ao longo das minhas decepções, ou melhor, das decepções que foram criadas a partir das minhas escolhas.
E com estes pensamentos, sabemos que quanto mais alimentados, logo virão à tona, seja em forma de protesto ou mesmo algo mais grave, a agressão.
Não faço apologia a nenhum tipo de crime,deixando claro isto.
Sou totalmente a favor da vida, dos bons costumes, dos códigos e regras que foram assim criados para manter a sociedade ‘’ alienada ‘’, pois tanto você quanto eu concordamos que se não existissem as leis, e se fossemos fazer o que pensamos a primeiro momento o mundo seria um caos, seria um lixo ( como se já não fosse neah ) ... Imagine só se fizéssemos tudo que quiséssemos no tempo que nossa mente mandasse! Alias, imagine se eu ficasse com raiva da minha filhinha cadelinha e desse  um chute nela só porque me veio a vontade em mente ! Um absurdo neah! Gente não tinha como usar outro exemplo pior que este, mas desconsidere, pois é só um exemplo.

Para não fugir ainda do assunto sobre a destruição, eu ainda tenho que alertar você que neste texto só estarei expondo o que conscientemente EU PENSO, e que de forma alguma eu deixaria cair no inconsciente, sabe por quê? Porque eu preciso destes pensamentos, são, digamos assim, o que me alivia quando estou no pico do stress... 
Explode Terra !!! 


Eu não preciso fumar maconha para ficar down, eu só preciso ouvir System Of Down e imaginar que estou de fato destruindo tudo que me apareci pela frente. É de grátis! E não dá para sentir remorso de algo que não foi cometido de verdade.
Eu ( ainda ) não tenho dinheiro suficiente para entrar numa academia de luta livre, pois se tivesse descontaria minha fúria em alguém, claro que eu apanharia mais que daria pontapés e socos ¬¬  mas a questão é que cada pessoa tem sua forma de aliviar seus problemas.
Uns vão aos clubes, outros jogam truco, outros tomam uma loira gelada com os amigos no fim de semana, tem ainda os que querem assistir seus times de futebol para descansar da correria e acaba ficando mais nervosos que antes!
Bom, o que quero dizer que NO MEU CASO, imaginar a Terra sendo destruída por bolas de fogo, furacões, chuvas com raios violentos é bem mais interessante.

Desenvolvimento

Dias atrás, 14 de setembro de 2011 – ontem para quem estiver lendo o texto hoje! – estava imaginando em algo que talvez outro estúpido já tivesse imaginado, e quero compartilhar com você a teoria de que os humanos são pragas.
Primeiro vamos à definição do que vem a ser uma PRAGA; - E de acordo com os conhecimentos o mini dicionário ‘’Aurélio, praga é a imprecação de males contra alguém; maldição; grande desgraça; calamidade. Pessoa ou coisa importuna, desagradável. Nome comum a insetos e ou doenças que atacam plantas e animais. Erva daninha.’’

Agora vamos dissecar estas informações sobre um olhar mais atento, ora, vemos os seres humanos como criadores, os inteligentes seres racionais, só cabe a eles poderem dar o grau de julgamento as cousas e ao mundo, não é mesmo? Leia com um tom irônico por gentileza.

Os animais irracionais na concepção humana só sobrevivem de acordo com o extinto, se procuram abrigo é porque precisam se proteger, se caçam o alimento é porque precisam comer para se manterem vivos, mas e nós?

Li dias atrás um artigo dizendo sobre a complexidade do ser humano, que ele foi se adaptando a Terra, pois a Terra não é o melhor lugar para o homem viver. E pensem comigo, criamos as roupas para nos protegermos do frio, então criamos as casas, criamos os meios de transporte, e criamos a tecnologia, e criamos tudo que nos ajustasse ao planeta Terra certo?

 Mas e os animais? Eles estão evoluindo como nós, precisam de alimento e abrigo como nós, procriam, e garantem assim a continuação da espécie como nós, e você sabe qual a diferença deles conosco? Uns talvez pensem... – são irracionais! Será mesmo?

 O que os animais que os humanos ditam ser irracionais têm e nós não, são os PREDADORES naturais. Aqueles outros animais de diferentes espécies que servem para aniquilá-los, mastigá-los e usar eles para matar a fome de outros animais irracionais.
O homem tem predador natural?
Seria o Predador o predador natural do homem?   ¬¬

O homem criou também a cura de muitas doenças, mas acredite, o homem criou o vírus!
O homem criou ONGs para ajudar o próximo, mas criou também às armas de fogo, as bombas atômicas, criou tanques de guerra, e você acha que eles criaram isto para abater seus predadores? O ser racional não tem predador, não existe outro animal que foi criado pelo milagre da natureza para diminuir A SUPER POPULAÇÃO DE HUMANOS!
Não existem dinossauros, não existe chupa cabra, e não existe aliens que consomem humanos!

O próprio homem criou a destruição para destruir a si mesmo, tudo que eu disse agora pouco, as armas, canhões, os vírus, tudo isso é para destruir a própria espécie.

Engraçado que durante anos fomos aprimorando o dom da escrita, a arte das negociações, soubemos aprender novos dialetos a fim de podermos comunicar com outras tribos de animais racionais que assim como nós são nossos ‘’ inimigos ‘’. É muito irônico isto.
Eu tenho medo dos humanos!
Com que frequência? Todo o tempo ¬¬

Hoje temos que assinar tratados de acordos com a nossa própria espécie, pois fora disto é guerra, é briga, é desavença e é morte!
E o próprio ser humano que antes detonou com a natureza, com as plantas, com os animais irracionais, hoje luta contra o desmatamento, contra a extinção daquilo que eles mesmo destruíram. Foda, humanos são fodas!

Os animais que ditam irracionais não criaram lanças para matar seu predador, os ratos não criaram prédios de concreto e ferro para construírem seus ninhos, e nem as tartarugas construíram carros velozes para diminuir o tempo de suas vidas, quando tem uma quantidade enorme de sapos que são para biologia uma praga em determinadas épocas do ano, seus predadores, as cobras, vão lá e limpam o pedaço, e nem por isso deixa de existir sapos.

Já os homens... ahh os homens, criam leis em cima de leis, uma mais falha que a outra para beneficiar o próximo que eles dizem ter direitos iguais mas de igual só tem o nome repetido no cartório dezenas de vezes!
E voltando sobre a questão de predador, o humano não só criou as armas, como também criaram outros utensílios para beneficiá-los tanto quanto para matá-los.

Precisa de legenda isso aqui?


For example :

Eu moro num prédio para me proteger, o prédio vai cair, um avião pode destruir, que por sua vez foi criado para ajudar a diminuir a distancia e a velocidade de chegada de um local para o outro!
Eu compro um carro, que na lógica humana é para ajudar a chegar mais rápido, me do conforto, mas posso muito bem usá-lo como fonte de destruição, quando ando em alta velocidade e arrisco a vida de outras pessoas por causa da minha burrice, ou mesmo quando eu tomo uma cervejinha para aliviar o stress lembra? 

E saio bêbado por ai. Atropelo crianças, jovens, adultos e idosos, e por que não, atropelar um cachorro, um cavalo, um animal em extinção, afinal de contas, eu sou o predador deles e não tenho predador, não preciso ter medo de nenhum outro animal, pois não existem animais que comam humanos para diminuir a raça por superpopulação!

Ainda tenho que lembrar que entrando em leis falhas, tem ai os direitos humanos, aqueles que protegem vidas preciosas, mas que também encobertam vidas criminosas, que por acaso são vidas humanas! O homem mata os animais e o homem mata a si mesmo. Mas é crime matar para diminuir a super população de pragas humanas destruidoras de outra vidas animais não racionais em sua própria concepção.

Concluindo os homens não tem um predador natural a não ser a si mesmo.
O homem se protege de si mesmo, ele protege quando tranca a porta da sua casa por medo de ser assaltado, ele compra alarme para o carro por medo de uns imbecil ir lá e furtá-lo, e ele compra comidas saudáveis porque tem medo de comer comidas industrializadas que a sua espécie criou para matá-lo.

Impressionante também é o fato de existir tantos querendo que o mundo mude e não começa por si mesmo, quando reclamam de um sistema político, mas não move um músculo do glúteo para lutar pelos seus direitos, das quais crêem que tem. Afinal ele é humano tanto quanto aquele que inventou tais direitos para beneficio da sua espécie.
Ainda tenho que ressaltar a quantidade de novos jornalistas críticos que brotam na mídia, não é interessante notar que eles crêem que é fácil dizer que alguém da sua espécie está errado?
E eles? Eu como uma humana também tenho o mesmo direito de criticá-lo não é verdade?

Ah mas não posso esquecer que disseram por ai que ninguém tem o direito de julgar o outro, então humanamente falando eu não posso julgar um ladrão de araque que me rouba para comprar a sua droguinha santa de cada dia, e não posso julgar uma organização federal que descumpri leis pois não quer que seus empregados trabalhem satisfeitos, sem dar a eles o direito de justiça e não os gratifica pelos dias trabalhados, ainda tenho que lembrar que não posso julgar alguém estúpido que disse que eu sou uma incapaz quando o programa do PC se recusa a salvar alguma informação que da qual foi criado por outro humano.

 Eu como humana falha que sou, digo abertamente a todos os leitores que ainda se interessam a ler que in-felizmente tenho acoplado ao meu cérebro o programa biológico chamado julgamento, assim como todo ser humano que pense tem, ou seja, todos!

Os posts anteriores relatam basicamente da mesma coisa, eu sempre escrevo tentando mostrar a importância da reflexão individual, eu sempre quero dizer para você, que você pode ser você mesmo sem medo de ser feliz com isso, porque independente do que faça ou deixe de fazer, você sabe quais riscos irá enfrentar, e sabe que o seu maior inimigo é um animal da sua espécie.
Eu amo mesmo de paixão para ser mais exagerada acompanhar escrituras de outras pessoas que como eu, estão no anonimato, não são reconhecidas mundialmente por nada grandioso, e não fazem parte de nenhum sistema político de melhoria falida para a sociedade, sabe por que?  Porque eu quero descobrir quando será que todos irão abrir os olhos para a verdade, quero descobrir quando será que as pessoas deixarão de usar mascaras só para fazerem parte de algum grupo inútil que só lembrará-se deles se eles se esforçarem inutilmente por alguma coisa inútil também.

Não é a Conclusão, mas bem que poderia ser neah?! 

Eu sou bem daqueles que fica em cima do muro, adoro ver quando duas opiniões batem entre si, gosto quando as pessoas expõem suas verdades, é mais simples, é mais cômodo saber a verdade do que imaginá-la, é menos desgastante.
Tenho um ponto de vista diferente de muitas pessoas, mas como tem milhares de milhares de milhares ao quadrado de pessoas, ou melhor, de pragas que não podem ser exterminadas, creio que exista milhares de outras pessoas que pensam ou concordariam comigo.
Eu queria mesmo expor num texto só os porquês do meu desejo insaciável pela destruição, eu queria que isto aqui, a Terra, fosse limpa, fosse pura, fosse de verdade o que os contos dizem que um dia será. Mas eu não sou adepta a acertos imaginários, eu sou mais realista, com predisposição ao pessimismo, fato.

Mas assim como eu e como você e como outras pessoas, eu também sei ver o lado bom da vida, talvez escreva o lado bom disto tudo, mas em outro texto.
Ah e quem querer me contestar aqui está aberto para discussões – apaziguadas claro – eu dou total liberdade de expressão. Não vou fazer ninguém de Tiradentes, não vou decapitar nenhum outro novo Saddam Hussein, não vou atirá-lo ao mar e não vou destruir as suas torres gêmeas do ego inconsciente. Porque sei que todo mundo de vez em quanto tem pensamentos contrários as regras morais de conduta, mas saibam que de quando em vez eu tento esconde-las, prefiro expor de algum jeito, seja aqui, seja para milha filha Putty, seja para meu papagaio mudo, seja no twitter, ou azucrinando o ouvido de algum corajoso.
Não quero que você lendo isto concorde, quero que você reflita apenas.


Até um próximo continue se caso vier a ser necessário outro texto. 

Hasta La Vista! 

2 comentários:

  1. (isso tah ficando melhor a cada dia hehe)
    Eu gostei muito e não tenho o que discorda, vejo um pensamento inteiro, com início, meio e fim :)

    Será que alguém vai discorda?

    De toda forma, deixou ali pistas de um próximo texto, que seria o outro lado da moeda, humm.. estarei aqui para cobrar =)

    Congratulations my friend.

    ResponderExcluir
  2. Bela reflexão sobre os seres que se dizem humanos...
    Sempre há espaço para uma súplica por bom senso... respeito ao próximo e principalmente ao mundo que deixaremos para "os próximos"...
    Aguardando a continuação...
    Abraçooo minha queridaaa...

    ResponderExcluir