sábado, 12 de fevereiro de 2011

Alias, bora comer um Sushi ?!

Olá seguidores do meu blog falido :)

Passei hoje praticamente sentada de frente ao PC ( grande novidade neah ¬¬ ) e pensando comigo  o que realmente é importante passar adiante, pensei na educação que os pais dão aos filhos, pensei na educação que os filhos recebem fora do convívio familiar, escola, amigos etc... hoje eu pensei demais e digitei de menos. Nem dei uma olhada em blogs de carros, nem ao menos olhei as novidades que a revista eletrônica ISTOÉDINHEIRO tem a oferecer, fiquei apenas de frente ao PC olhando algumas coisas, questionando comigo mesma outras, e vendo que independente do que eu pense ou faça não mudaria em nada o planeta.

Pois bem, eu poderia muito bem postar minhas indignações no twitter e perder a chance de conhecer outras pessoas interessantes, porque de fato muitos ignoram a realidade do cotidiano e passam a viver uma realidade fictícia que criam dentro de si mesmas. Mas eu convivo com tanta gente diferente e tanta gente diferente fica inerte ao meu modo de pensar que achei melhor postar no meu bloguinho querido que alguns seguem, quem sabe um dia isto fica registrado no Wikipedia em memória a minha biografia ( hahahá sonhando alto aqui ).

As vezes gostaria de saber porque as pessoas se limitam a um determinado grupo de valores e se descrevem como  - livres de preconceitos – mas no final elas morrem de nojo das outras pessoas que não fazem parte de seu grupo social. Também gostaria de saber por que as pessoas dizem não serem criticas destrutivas, mas sempre quando vão elogiar soltam um pouco de seus venenos como se a visão delas fosse melhor que as dos seus receptores.  E o interessante que eu guardo tudo para mim, idéias, criticas alheias quanto a minha forma de pensar, vestir, falar etc. Bom, também não vou ficar me lastimando disso aqui neah, não fica legal passar mensagens de desespero por blogs ou outras redes sociais.

O meu desejo para este momento é O DESAPEGO DE IDEAIS ALHEIOS – sair dessa vontade de agradar os outros porque é bonito ou porque é moda, porque é liquidação ou porque naquela rodinha todos se parecem. Mas eu peço para minha sanidade ter um pouco mais de paciência com todas as pessoas que vivem presas a modismos e ficam incomodadas com o meu modo de viver – sentir! Daí me paciência...


Alias, bora comer um sushi ?!




Era viciada em comprar sushi ! :)

4 comentários:

  1. Muitas vezes entramos nisso por sermos humanos. Sempre teremos esse conflito de se limitar ao que gostamos ou pensamos. Involuntariamente muitos fazem isso. Mas de certo ponto, temos nossos "preconceitos" próprios, separados dos clichês. Queremos buscar sempre estar com o que nos agrada. Para harmonizar nosso "mundinho".

    Hum... amo comida japonesa!!!!! Deu água na boca agora!!!! Sério!!!! :D

    ResponderExcluir
  2. Conversaremos sobre este assunto tomando um saquê! Rsrsrs...

    ResponderExcluir
  3. Cassius sempre chega na minha frente :(
    ...então, é próprio do ser humano se ligar a "grupos" mais as pessoas sempre tentem a se diferenciar uma das outras, daí surgem as chamadas "modinhas", onde não se diferenciam individualmente, mais em grupos, e quem ñ faz parte da tribo é excluído e recriminado. Qual á lógica disso? ñ sei... mas td mundo faz parte disso e esse é o fato#

    ResponderExcluir
  4. mais uma coisa... ta ai uma coisa q eu nunca comi, sushi!

    ResponderExcluir